Building a 16 tiles mosaic with FFMPEG

At work we recently (not that recently) we purchased a HDMI encoder. The product comes with 16 HDMI inputs and outputs everything to the network to be consumed via RTSP, RTMP, HLS and more. However the bloody device doesn’t bring any embedded solution to merge all the outputs into a single screen. You have to treat it separately. Crazy, right?!

So, the solution then was to find something that would build the mosaic of the 16 outputs. I looked quickly for a opensource tool that would do that for you, but didn’t find anything useful. Then, had to go to old friend linux and its gizmos.

FFMPEG, I knew would do the job, but as always it would take some tinkering and lots or reading…I had no choice but go with it.. and to my surprise was quicker, simpler and funnier than I thought.
Continue…

Escrevendo em inglês – Porque?

Eu trabalho com TI, com informática, com computação. Deu pra entender né? Pra ser mais especifico, eu trabalho com segurança da informação e desenvolvimento para automação de tarefas. Isto significa, na prática que a literatura das coisas relacionadas do ramo, raramente são em português.

Por isto, já que eu leio em inglês, por que não escrever também? Por que eu não sou nativo? Porque talvez o número de erros gramaticais serão grandes? Talvez. Porém uma análise mais fria da coisa toda, me faz perceber que mesmo escrevendo em português eu não estaria livre deste risco. Na era das redes sociais, escrever errado se tornou o padrão da comunicação, por que as pessoas valorizam mais o “fazer-se entender” do que o propriamente escrever corretamente. Neste paradigma, escrever correto, na verdade aumento o risco do locutor não ser compreendido…( 🙂 ). Então por que não arriscar?

Assim, os posts relacionados a coisas técnicas e coisas de nerd deste blog serão em inglês. Os outros, posts, relacionados a corrida, bike e outras aventuras seguirão em português.